20 de março de 2008

Jogadores de time português fazem greve por atraso salarial

No Brasil, os atrasos salariais em clubes de futebol não costumam gerar reações contundentes. Em Portugal, porém, os jogadores do Estrela da Amadora provaram que é possível mostrar insatisfação com essa situação. Sem receber desde novembro do ano passado, o elenco decidiu iniciar uma greve.

Nesta quarta-feira, os jogadores estiveram reunidos por cerca de duas horas nos vestiários do clube. Eles compareceram às dependências do Estrela no horário previsto para o treino, mas nem chegaram a se trocar.
O Estrela da Amadora é o 11º colocado do Campeonato Português e seu próximo compromisso na competição está marcado apenas para o dia 30 de março – jogo em casa contra a Académica.

O presidente do clube, António Oliveira, havia prometido fazer nesta quarta-feira o pagamento dos salários referentes a dezembro do ano passado. Os jogadores disseram que treinariam apenas se isso fosse cumprido, mas a equipe não conseguiu saldar sequer essa parte da dívida.

Segundo Oliveira, a principal razão para a crise financeira do Estrela da Amadora é uma negociação frustrada de Tiago Gomes para o Málaga, time da segunda divisão da Espanha. Sem o dinheiro referente à transferência, o time português não tem conseguido equilibrar as contas nesta temporada.

Fonte: Cidade do futebol

Se faz necessário não só para o futebol português, mas para o de todos os países, a criação de um órgão fiscalizador autônomo das contas dos clubes, que fizessem uma prestação de contas, como forma de erradicar os incumprimentos salariais. Esse órgão de fiscalização autônomo faria um acompanhado das finanças dos clubes e analisariam os orçamentos. Desta forma faria-se o saneamento do futebol.

Um comentário:

icarosimoes disse...

Complicado querer que o atleta trabalhe com 4 meses de salário atrasado.
Os times portugueses deveriam ter a consciência que só pdoem gastar o que têm,e não deixar seus atletas nessa situação complicada.