14 de março de 2008

Governo da Bolívia admite que Fifa não deve retirar veto à altitude

O Governo da Bolívia admitiu hoje que será difícil a Fifa retirar o veto à proibição de jogos internacionais em locais com altitude acima de 3.600 metros - o que afeta diretamente a cidade de La Paz. "Há muitas atitudes contra nosso país", disse à agência Efe o ex-jogador Milton Melgar, atual vice-ministro de Esportes.

O Comitê Executivo da Fifa ouvirá amanhã em Zurique os argumentos da Bolívia para que a cidade de La Paz seja mantida como sede das partidas da seleção pelas Eliminatórias Sul-americanas à Copa do Mundo de 2010. Os bolivianos têm o apoio de Julio Grondona, presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA) e vice da Fifa. Ele argumentará que os locais de disputa sejam os mesmos do início da competição. Outros dirigentes que atuarão a favor da Bolívia são Ricardo Teixeira, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o paraguaio Nicolás Leoz, à frente da Confederação Sul-Americana de Futebol (CSF).

Segundo Melgar, também pode ajudar a Bolívia o fato de o ex-jogador argentino Diego Maradona disputar um amistoso beneficente com o presidente boliviano, Evo Morales, na próxima segunda-feira, em La Paz.

Morales, grande fã de futebol, está há meses defendendo a manutenção de La Paz e outras cidades na altitude como palco de jogos internacionais. Ele não descarta nem pedir à ONU que faça a Fifa mudar de idéia. Em maio do ano passado, o organismo que comanda o futebol mundial anunciou o veto aos estádios em altitudes de mais de 3.000 metros, mas acabou tendo de reduzir a proibição para 2.500 após o protesto de muitos sul-americanos. Então, Morales assegurou que apelará à ONU e a outros organismos internacionais se não se atende seu pedido "clamoroso" de respeitar a prática do esporte em altura.

Fonte: Agência EFE
Leia mais sobre o assunto:
Todo apoio ao futebol na altitude!

Um comentário:

Vidiball disse...

Mesmo tendo q v meu time Cruzeiro Esporte Clube enfrentar uma pedreira de jogar na Bolivia nessa libertadores, pois, enfrentaremos o real potosi lá nas altitudes, eu digo q sou afavor disso...

motivos, primeio pelo futebol, e pela tradição do torneio, isso é Libertadores, sempre foi assim, isso eh uma das cosias mais interessantes do torneio... Outra, que culpa eles tem se lá eh alto neh Papapapa, futebol é pra se jogar em qualquer lugar, ate nas altitude, buracos, na beira do mar etc.

O flamengo e o proprio Cruzeiro podem parar de choradeira, e vaum enfrentar isso sim! Abraços oi!