31 de julho de 2008

31/07: 3 anos de Resistência! Uma claque de classe!

Saudações Corais!

A torcida coral sempre foi conhecida por sua politização e muitos podem confundir, nesse momento eleitoral, com politicagem, algo totalmente estranho e alheio às tradições corais. É bem verdade que o Ferroviário teve torcedores com cargos políticos nas instituições do Estado burguês, mas nunca recorreu à intervenção política dos ditos cujos. Pelo contrário... O clube coral já foi bastante prejudicado pela intervenção ou apadrinhamento político em várias ocasiões no decorrer da história, como no caso em que foi retirado da 1ª divisão do Campeonato Brasileiro em favor de outro clube da capital. Não precisamos ir longe: neste ano de 2008 o Ferroviário foi novamente "expurgado" por conta da intervenção política em favor do Horizonte FC no conhecido "Caso Piva".

Embora governadores, prefeitos, vereadores e deputados se digam torcedores do Ferrão, nunca este necessitou da intervenção política de forma escusa em detrimento de adversários. Como diria Maiakovsky, "triste honra se de tais rosas minha estátua se erigiisse". Nós assim nos referimos a estes torcedores "non gratos" e ao metódo expúrio da intervenção anti-desportiva de políticos canastrões. Os únicos que sempre estiveram lado a lado, ombro a ombro com o Clube foram seus torcedores identificados como classe. Isso nos orgulha sobremaneira.

Nestes três anos de Resistência Coral só confirmamos que a luta de classes transcorre também pelo desporto, comprovando o materialismo histórico e dialético, a despeito de quem diz que esta teoria não serve para os tempos atuais. O certo é que três anos é pouco frente a um clube que vem resistindo há 75 anos.

Gostaríamos de comemorar com toda torcida coral no nosso estádio, com nosso Ferrão jogando, porém o "covil de bandidos" da Federação Cearense de Futebol, afora aos dois "filhos queridos", não oferece calendário ao restante de seus filiados.

Contudo, conforme nossa tradição hooligan, traduzida pela convicção e atuação ideológica sintetizada no orgulho de classe, dedicamos um brinde a todas as claques irmãs nas mais diversas regiões do mundo unidas pela paixão futebolística e unidade classista.

FERRÃO! FERRÃO! SEMPRE FERRÃO! ORGULHO PROLETÁRIO! ORGULHO HOOLIGAN!

Um comentário:

Oi! Oi! Oi! disse...

Parabéns camaradas!

Força e espero que continuem forte na luta!


Oi! Oi! Oi!